segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Gadget permite conversar com cachorro e entregar cookies


Uma menina de 13 anos é a responsável pela criação do iCPooch, uma aparelho que permite fazer videochat com o cachorro e
até entregar cookies para que ele possa brincar. O dispositivo tem conexão à internet e funciona com um computador Raspberry Pi. As informações são do GeekWire.
Brooke Martin, do 9° ano do Ensino Fundamental de Spokane, em Washington, nos Estados Unidos, é quem assina a criação. "Minha cadela Kayla sofria e ansiedade por separação, então pensei que seria muito legal poder falar com ela por vídeo enquanto eu estava longe de casa, para garantir que ela estava bem", descreve a menina sobre a inspiração para o gadget.
A garota levou a ideia a um Startup Weekend, onde foi ovacionada e garantiu a criação da Bondgy, empresa com financiamento de capital de risco para registrar patentes e contratar o veterano de tecnologia James Pelland como CEO. No Kickstarter, uma campanha iniciada dia 29 de agosto tenta levantar US$ 75 mil - até agora, já recebeu pouco mais de US$ 18 mil, e vai até 1° de outubro - para a fabricação do molde de plástico que permitirá a produção em larga escala.
A ideia de entregar a Kayla um cookie também me soava como algo que a faria muito feliz, se eu descobrisse uma forma de fazer isso", continua Brooke ao GeekWire. A parte tecnológica ainda precisa de ajustes, por isso o produto está em fase de prototipagem.
O iCPooch se conecta à rede Wi-Fi da casa e usando um aplicativo para smartphone ou tablet é que o dono ativa o aparelho para dispensar o cookie ao cachorro. O corpo do aparelho tem uma plataforma para encaixar um smartphone ou tablet e permitir o chat em vídeo com o melhor amigo de quatro patas.
Segundo Brooke, estima-se que mais de 13 milhões de cães nos Estados Unidos sofram de ansiedade por separação - 17% do total no país. A menina também pretende vender cookies e outros "petiscos" para os donos do iCPooch.

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário