domingo, 8 de setembro de 2013

Crazy Taxi e Soul Calibur: relembre 10 dos melhores jogos do Dreamcast

  Dreamcast, o último console da Sega, trouxe bons títulos e ideias à frente de seu tempo, como uso de sensor de movimento, webcam e rede online. Mas além das inovações, o console também recebeu ótimos games e o TechTudo preparou esta lista com 10 títulos marcantes do videogame








10 - Phantasy Star Online
Phantasy Star Online trouxe o gênero MMORPG para o Dreamcast em 2001, permitindo que jogadores do mundo todo criassem seus personagens para explorar um vasto mapa e lutar contra outros jogadores reais.
Como um “caçador” o seu trabalho era sair dos limites seguros de seu navio-colônia para a superfície do planeta Ragol. No entanto, o lugar era o lar de uma série de inimigos. O jogo foi relativamente curto para um RPG, mas sua longevidade veio na forma de quests em grupos, garantindo muitas horas de ação no estilo hack ’n slash.

9 - Skies of Arcadia

Alguns consideram este o melhor clone de Final Fantasy já feito. Skies of Arcadia marcou a memória de muitos jogadores como um dos melhores RPGs baseados em turnos de sua geração.
A história de Vyse se passa em um mundo enorme, com personagens carismáticos e um ótimo sistema de combate. Ainda em comparação com Final Fantasy, Skies of Arcadia está longe de ser tão difícil e em pouco tempo o jogador já está dominando os controles, mas mesmo assim, o game tem personalidade própria.


8 - Tony Hawk’s Pro Skater 2
Anos atrás Tony Hawk’s era o único jogo capaz de fazer frente à popularidade dos jogos de futebol nas locadoras e lojas de games espalhadas em todo o Brasil. O segundo título, em especial, é até hoje um dos preferidos da série e, somadas todas as plataformas, é o vigésimo jogo mais vendido da história




7- Virtua Tenis
A Sega levou a sério os aspectos de simulação do esporte e tentou criar um jogo estilo arcade, com controles rápidos e fáceis. O modo Circuito Mundial merece destaque com os jogadores licenciados, mas muita gente queria saber mesmo é de se divertir com os minijogos.
6 - Resident Evil CODE: Veronica
Inicialmente, Resident Evil: Code Veronica foi lançado com exclusividade para o Dreamcast e no ano 2000, teve uma versão melhorada, batizada de Resident Evil CODE: Veronica X. A trama é dividida em duas partes, sendo que na primeira o jogador controla Claire Redfield e seu principal objetivo é escapar da ilha infestada pelo T-Virus. Na segunda o jogador assume o papel de Chris Redfield, que busca encontrar sua irmã perdida.

5 – Crazy Taxi
Amistura de velocidade, checkpoints e músicas do The Offspring, deu certo. Em Crazy Taxi, assumir o papel de uma taxista e levar passageiros para todos os cantos da cidade tornou-se uma experiência das mais animadas e engraçadas


4 - Marvel vs. Capcom 2: New Age of Heroes
Colocar no mesmo jogo os melhores lutadores da Capcom e da Marvel funcionou muito bem, criando uma das melhores franquias de luta da história. Os principais destaques ficavam por conta dos belos visuais, acompanhado de um dos melhores sistemas de combate já criados, com movimentos especiais e combinação de combos infinitos.
3 - Soul Calibur
Soul Calibur é considerada até hoje uma das melhores séries de luta 3D. Na sua primeira versão, para Dreamcast, o sistema de combate foi implementado de maneira que atendesse tanto os jogadores mais experientes quanto os mais novos. Com 1 milhão e trezentas mil cópias Soul Calibur é o segundo jogo mais vendido do console.

2 - Shenmue
Shenmue foi um jogo que definiu todo um gênero, com sua interatividade e liberdade incomparáveis na época. O game trazia um sistema inovador que simulava as condições do clima em tempo real, NPCs com falas diferentes dependendo do dia, Quick Time Events e várias outros detalhes, como maquinas que vendem brindes, Fliperamas e lojas de conveniência.

1 - Sonic Adventure 2
É quase uma unanimidade a afirmação de que a Sega praticamente matou o seu mascote quando levou Sonic para a plataforma 3D, criando jogos ruins e mal recebidos pela crítica e público. No entanto, Sonic Adventure 2 no Dreamcast é uma exceção a essa regra.




Nenhum comentário:

Postar um comentário